Ter uma casa própria ainda é o sonho de muitas pessoas e realmente tem suas vantagens. Afinal, investir em algo que será sempre seu, pagar parcelas fixas do financiamento e ter o direito de fazer o que bem entender naquele espaço são verdadeiros atrativos. Mas nem sempre essa opção costuma ser a mais viável para quem está dando os primeiros passos sozinho, de modo que alugar um imóvel torna-se a única alternativa, principalmente quando falamos em estudantes ou pessoas que precisam se mudar com certa urgência para outro estado, por exemplo.

De fato, o aluguel faz parte da realidade de muitos brasileiros e isso é comprovado facilmente na última pesquisa divulgada pelo IBGE, em 2013. Segundo os dados apresentados, o Brasil abrigava mais de 55 milhões de domicílios, sendo 20% deles alugados. Mas é preciso entender que essa opção também tem seu lado positivo. Por isso, para iniciar a tag Doce Lar, reuni alguns fatos para mostrar que talvez seja melhor não comprar seu cantinho. Confira!

Quatro benefícios de alugar um imóvel

1 - Maior mobilidade 

O mercado de trabalho está caminhando cada vez mais rápido e, como consequência, podem surgir importantes oportunidades, de estudo ou de trabalho, em outras cidades. Se você está aberto para essa experiência, o aluguel é uma opção que proporciona maior liberdade para realizar mudanças. Isso porque o compromisso com aquele imóvel dura apenas o tempo estabelecido no contrato e, ainda assim, existe a possibilidade de cancelar o acordo sob o pagamento de uma multa. Lembrando que o valor sempre é especificado pelo locador no contrato.

2 - Menor custo de manutenção 

Um gasto comum para quem tem casa própria refere-se às reformas ou à manutenção. A parede precisa de uma nova pintura, uma infiltração surge no banheiro ou dá um problema no registro de água.. De vez em quando aparecem alguns serviços necessários para manter tudo funcionando dentro de casa e que costumam levar uma boa fatia das nossas economias. No caso de um imóvel alugado, isso será responsabilidade do locador, de modo que esses gastos são pagos por ele ou o locatário paga e o valor é descontado do aluguel, conforme seja combinado entre as partes.

3 - Pode ser mais barato 

Para alugar um imóvel não é necessário ter uma grande quantia no banco, como o valor de uma entrada para o financiamento da casa própria. Da mesma forma, não existe a preocupação com taxas de transferência. Outro aspecto positivo para quem precisa ou quer se mudar com certa urgência é que muitos deles já vem com alguma mobília, como foi o meu caso. Consegui um apartamento pequeno em que os principais móveis e eletrodomésticos já estavam inclusos e isso gerou muita economia!

4 - Pode ser mais rentável 

É difícil acreditar em um primeiro momento, mas isso é possível e, obviamente, vai depender das suas prioridades. A verdade é que, ao contrário do que as pessoas costumam acreditar, o valor mensal do aluguel não se equipara às parcelas do financiamento por conta dos juros. Caso isso fosse verdade, os bancos não teriam interesse em oferecer crédito. Por isso, se você já tem o valor da entrada do seu imóvel, pode ser mais vantajoso investi-lo em uma modalidade de baixo risco juntamente com as parcelas (descontando o preço do aluguel). Após o período em que o financiamento terminaria, você pode ter uma boa quantia na sua conta bancária, suficiente para comprar até mais de um imóvel à vista!

Ter nosso próprio cantinho é realmente muito benéfico, mas não esqueça de que, tanto para pagar aluguel quanto para financiar a casa própria é preciso planejamento. Isso é um passo de extrema importância para o sucesso da sua empreitada.

E então, você sairia da casa dos seus pais para alugar um imóvel? Compartilhe nos comentários sua opinião e, caso já esteja morando só, conte sua experiência!